Insurgência na Nigéria já começa a afetar a economia

Por Chijioke Ohuocha

 

LAGOS, 10 Fev (Reuters) – Uma insurgência cada vez mais violenta, protagonizada pela seita islâmica Boko Haram no norte da Nigéria, está afetando as finanças do país, por obrigar o governo a fazer gastos adicionais com a segurança.

 

O conflito custa até 2 por cento do PIB nacional, dinheiro que poderia ser gasto em urgentes obras de infraestrutura.

 

A Boko Haram, que deseja a extensão do uso da sharia (lei islâmica) no mais populoso país da África, promove uma insurgência de baixa intensidade desde 2009.

 

A gravidade dos ataques e atentados, no entanto, aumentou nos últimos seis meses, mas essas ações geralmente se concentram no norte do país, uma região de maioria muçulmana e que passar por estagnação econômica. Lagos, principal centro comercial da Nigéria, e o Delta do Níger, maior zona petrolífera da África, têm sido pouco afetados.

 

Isso significa que investimentos estrangeiros em geral não têm sido afetados.

 

“O nordeste não é tão importante economicamente, então a não ser que comecem a explodir coisas em Lagos ou encontrem uma forma de perturbar os negócios numa maior escala, acho que os investidores estrangeiros estão preparados para conviver com a ameaça”, disse o analista Alan Cameron, da firma de investimentos CSL, de Londres.

 

Investidores e gestores de carteiras temem, no entanto, que haja demoras em reformas estruturais na Nigéria, que tem uma das economias mais assoladas pela ineficiência e o desperdício na África, e que o governo não seja capaz de controlar seus gastos.

Fonte: Globo.com

Postado por Mario Lira – assessoria de imprensa

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s