Missão brasileira visita Angola para discutir direito à educação

A Campanha Brasileira pelo Direito à Educação estará, a partir de 26 de fevereiro, em missão a Angola, dando continuidade à série de visitas aos países africanos de língua portuguesa, que vêm sendo realizadas desde outubro de 2011. Em Angola, a Rede EPT (Rede Angolana da Sociedade Civil para a Educação para Todos) é a organização anfitriã da missão.
A visita faz parte do PCSS- Lusófonos (Programa de Cooperação Sul-Sul com Países Lusófonos), iniciativa da Campanha Brasileira em parceria com a OSF (Open Society Foundations).  O objetivo do Programa é fortalecer a atuação da sociedade civil organizada na incidência política pela garantia do direito à educação nos países envolvidos. Participam Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe.
Como parte da programação acontecerá uma série de reuniões com diversos atores da área de educação de Angola, entre eles o Ministério da Educação, parlamentares, organizações da sociedade civil, embaixadas de diversos países e instituições públicas de ensino. (Veja aqui a programação completa)
Destaques da programação – Na segunda-feira 27/2, as organizações se reunirão com a Embaixada do Brasil em Angola e também com o Ministro da Educação, Pinda Simão. No segundo dia, terça-feira 28/2, cerca de 30 ativistas de todas as províncias angolanas irão se reunir para discutir os desafios da educação no país. Na quarta-feira 29/2, acontece uma reunião com os deputados da 6ª Comissão Parlamentar de Educação e encontro com a Unesco.
Coletiva de Imprensa – No último dia, sexta-feira 2/3, haverá coletiva de imprensa com a mídia local, no escritório da Open Society Angola(OSISA-Angola), para apresentar um balanço da missão.
Quem compõe a missão – Em Angola, a Campanha Brasileira será representada por uma de suas dirigentes, Margarida Maria Marques e também pelo coordenador geral, Daniel Cara e a coordenadora executiva, Iracema Nascimento.
Margarida Marques é graduada em Comunicação Social, com especialização em arte e educação. Atualmente, é coordenadora do Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente do Ceará, nordeste brasileiro, organização que desenvolve projetos em educação, orçamento público e direito à participação de crianças e adolescentes. Daniel Cara é mestre em Ciência Política e membro titular do Fórum Nacional de Educação do Brasil. Iracema Nascimento é mestre em Ciência da Comunicação. A delegação é formada também por Trine Petersen, coordenadora de programas da OSF.
Serviço
Coletiva de Imprensa
Data: sexta-feira, 02/03
Horário: 9h às 11h
Local: Sala de reuniões do escritório da Open Society Angola (OSISA-Angola), Rua Saurnino de Sousa, Vila Alice, Luanda, Angola.
 
Atendimento à Imprensa
No Brasil – Campanha Nacional pelo Direito à Educação – Brasil
Jéssica Moreira – Comunicação
Telefone/fax: +5511 3159-1243
Telemóvil: +5511 8793-7711
 
Em Angola – Rede EPT/Angola – Rede Angolana da Sociedade Civil para a Educação para Todos
Vitor Barbosa – Presidente do Comitê Diretivo da Rede EPT/Angola
Email: barbosa@netangola.com
Telefone: +244912519981
Carlos Cambuta – Secretário Geral da Rede EPT/Angola
E-mail: carlos.cambuta@adra-angola.org
Celular: +244912317374
Publicado em Uncategorized
Postado por Mario Lira – assessoria de imprensa

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s